Minha Casa Minha Vida: tire suas principais dúvidas sobre o assunto!

Implantado pelo Governo Federal em 2009, o programa “Minha Casa Minha Vida” é uma iniciativa de inclusão social que surgiu para beneficiar diversas famílias de baixa renda no país, facilitando as condições de compra da moradia própria.

Para isso, o programa disponibiliza alguns tipos de subsídios e financiamentos de imóveis novos com a menor taxa de juros do mercado e menos burocracias.

Neste post, você vai tirar todas as dúvidas sobre esse auxílio que vem mudando a realidade de mais de 10 milhões de brasileiros. Acompanhe:

Quais as vantagens do Minha Casa Minha Vida?

Além dos juros reduzidos, o participante do programa está sujeito ao recebimento de benefícios como o abatimento (ou isenção) de taxas cartoriais e custos de seguros, parcelas de financiamento decrescentes depois da entrega das chaves, possibilidade do uso do FGTS para aquisição da casa própria e possibilidade de financiamento em até 360 meses. 

Quem pode participar do Minha Casa Minha Vida?

Para fazer a inscrição, é necessário comprovar renda familiar de até 9 mil reais mensais utilizando dados do contracheque e carteira de trabalho. Autônomos podem apresentar o carnê do INSS.

Outras condições para o beneficiário são: não ter (nem financiar) nenhum outro imóvel residencial, não receber quaisquer benefícios habitacionais provenientes de recursos orçamentários nem haver restrições de crédito em seu nome.

Quais são as faixas do programa?

De acordo com as novas regras do Minha Casa Minha Vida, várias faixas de renda são contempladas com benefícios diferentes:

  • faixa 1: para a renda familiar mensal de até R$ 1,8 mil
  • faixa 1,5: para a renda familiar mensal de até R$ 2,6 mil;
  • faixa 2: para a renda familiar mensal de até R$ 4 mil;
  • faixa 3: para a renda familiar mensal de até R$ 9 mil.

Os grupos pertencentes às faixas 1 e 1,5 têm direito ao subsídio para a compra do imóvel, com uma taxa anual de juros mantida em cerca de 5%. Já para as faixas 2 e 3, as mesmas taxas variam em torno de 6% a 9,3% ao ano, de acordo com a análise de crédito.

Quais tipos de imóveis são contemplados?

O programa apenas disponibiliza a aquisição de casas e apartamentos novos (ou na planta), com valor máximo de R$230 mil.

Como fazer a inscrição?

O cadastro pode ser feito no site oficial da prefeitura de seu município ou secretarias/companhias de habitação. Como não há um calendário específico que informe o período de inscrições de todos os anos, vale a pena manter contato com a prefeitura ou Caixa Econômica Federal para se informar sobre esse prazo.

Por meio do site oficial do Minha Casa Minha Vida, é possível obter mais informações sobre o programa, conferir se você pode ser um beneficiário e simular os valores de cada parcela mensal. Além disso, também é possível ter acesso à lista com todos os documentos requeridos para a inscrição.

Agora que você já sabe tudo sobre o Minha Casa Minha Vida, aproveite para nos contar um pouco sobre você. Pretende participar do programa? Já fez a sua inscrição? Compartilhe sua experiência conosco nos comentários!  

Sobre SPX

O Portal SPX é uma plataforma de anúncios de imóveis presente em Fortaleza, Ceará e em São José dos Campos, no interior de São Paulo.
No SPX você consegue tirar suas principais dúvidas sobre imóveis e ainda encontrar o seu novo lar com comodidade e segurança.